Geriatria e Gerontologia: as principais diferenças entre as especialidades

Com o passar das décadas, a expectativa de vida em nosso país aumenta cada vez mais. Quando chegamos próximo da terceira idade, é essencial ter acompanhamento médico. Mas quando nos tornamos pessoas idosas, qual médico devemos procurar? O Geriatra ou o Gerontologista? Ambas as especialidades estão relacionadas ao envelhecimento. 

Neste artigo, você descobrirá as principais diferenças entre o que trata a Geriatria e a Gerontologia.  

O que é a Geriatria? 

A Geriatria é uma especialidade médica que está relacionada na manutenção da qualidade e na quantidade de vida do idoso, capaz de tratar questões físicas ou psicológicas. Também atua na prevenção e tratamento de doenças, reabilitação e cuidados paliativos de pessoas da terceira idade.  

Diferente do que muitos pensam, a Geriatria não trata apenas pessoas senis, idosos que ainda estão em plena atividade também necessitam fazer suas visitas regulares ao especialista na saúde do idoso, já que estamos falando de um profissional que compreende questões importantes que podem aparecer na terceira idade como dificuldade de movimentos, insuficiência cognitiva, dores na coluna, incontinências e até mesmo acidentes domésticos.  

Atuação do geriatra 

O médico especialista em Geriatria possui um campo de atuação muito amplo, já que a saúde do idoso é tratada como um todo, o que o faz necessitar de uma equipe multidisciplinar.  

A avaliação da pessoa idosa por parte deste profissional é feita meticulosamente, pois tanto saúde psicológica, quanto a física passam por um verdadeiro check-up.  

O geriatra atua no tratamento das seguintes questões: 

  • Doenças demenciais;  
  • Problemas cardíacos;  
  • Diabetes;  
  • Osteoporose;  
  • Incontinência urinária;  
  • Vertigens; 
  • Acidentes domésticos;  
  • Cuidados paliativos para doenças sem cura. 

O que é a Gerontologia 

A Gerontologia é uma especialidade médica que está relacionada ao estudo multidimensional do envelhecimento. Os profissionais que atuam na Gerontologia possuem uma formação diferente em comparação com a Geriatria.  

Segundo a SBGG, quando falamos em gerontologista, estamos falando de um médico que possui formação de nível superior em diferentes áreas como Nutrição, Psicologia, Serviço Social, Terapia Ocupacional, Direito, etc.  

Atuação do gerontologista  

Além de atuar na prevenção de doenças, o especialista em Gerontologia trabalha com ações de prevenção aos problemas que mais impactam as pessoas idosas, inclusive socialmente. 

O gerontologista também promove a criação de condições ambientais para que os idosos possam ter uma vida de qualidade. Sua atuação se estende a cuidados psíquicos  e espirituais, sendo uma mão amiga também para os familiares da pessoa de terceira idade.  

O gerontologista atua no tratamento das seguintes questões: 

  • Ensino;  
  • Pesquisas;  
  • Educação comunitária;  
  • Cuidados com a saúde;   
  • Reabilitação;  
  • Apoio psicológico;  
  • Manutenção e promoção da autonomia e independência;  
  • Adaptação ambiental;  
  • Reinserção no contexto social; 
  • Atividades físicas;  
  • Segurança e defesa de direitos;  
  • Antropologia. 

Diferença entre Geriatria e Gerontologia 

Enquanto o geriatra cuida dos aspectos físicos e psicológicos do idoso, promovendo saúde nos dois âmbitos, o gerontologista atua na preservação do bem-estar dentro de um campo ainda mais abrangente, se voltando para questões sociais, fisiológicas e ambientais visando maior qualidade de vida para os idosos.  

Agora que você sabe a diferença entre Geriatria e Gerontologia, compartilhe este artigo com quem você acha que precisa conhecer mais sobre as duas especialidades. 

Comentários

Seja franquiado

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Para maiores informações acesse o nosso Aviso de Privacidade.